You are currently viewing Flitabira tem abertura com apresentação de dança, congado e debates literários transmitidos pelos canais digitais do festival
Afonso Borges, Flávia Constant e o prefeito Marco Antonio Lage abrem as portas do Flitabira/ Foto: Daniel Bianchini

Flitabira tem abertura com apresentação de dança, congado e debates literários transmitidos pelos canais digitais do festival

  • Post category:Notícias

O Festival Literário Internacional de Itabira (Flitabira) teve início ontem, 27 de outubro, com um formato inovador, que une programação presencial e online, com transmissões ao vivo e pré-gravadas. O evento foi aberto pelo cortejo de Guardas de Marujos de Congado reunido na estrutura do festival. Ao mesmo tempo, o jornalista Afonso Borges, idealizador do Flitabira estava presente na Casa de Drummond, de onde conversava sobre a cultura pós-pandemia com Danilo Miranda, diretor do Sesc SP, e Luiz Eduardo Osorio, do Instituto Cultural Vale. Em seguida, foi a vez dos sineiros Thiago Neves e Gilberto Henrique Gonçalves apresentarem uma sinfonia de sinos, da Catedral Nossa Senhora do Rosário, onde está localizado o sino Elias, sobre o qual Carlos Drummond de Andrade escreveu em seu poema “O Sino”: “O sino Elias não soa/ por qualquer um,/ mas, quando soa, reboa/ como nenhum.”

A cerimônia oficial de abertura aconteceu no Palco Principal e contou com a presença de Flávia Constant, gerente executiva de Investimento Social e Cultura da Vale e do prefeito de Itabira, Marco Antonio Lage, que reforçou o potencial turístico e cultural da cidade. “Não tenho dúvida que o Flitabira passa a colocar culturalmente Itabira no cenário nacional e internacional”. Também participou da cerimônia o Padre Márcio, da Catedral Nossa Senhora do Rosário, que disse palavras em respeito às vítimas de Covid-19 no Brasil.

Por fim, os bailarinos do Grupo de Dança Primeiro Ato fecharam a noite apresentando o espetáculo “Sem Lugar”, baseado na obra de Carlos Drummond de Andrade.

O Flitabira acontece até domingo, 31/10, nos arredores da Praça do Centenário, no Centro de Itabira. A entrada no evento é aberta, mediante a apresentação de cartão de vacinação de Covid-19. Não é necessária a retirada de ingressos e crianças não vacinadas podem comparecer, seguindo o protocolo de uso de máscaras. A programação digital está sendo transmitida pelo canal do YouTube do festival.

O Flitabira é viabilizado com o patrocínio do Instituto Cultural Vale, com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo. O projeto conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Itabira, da Secretaria Municipal de Educação de Itabira e da Fundação Cultural Carlos Drummond de Andrade.